10/08/2018 às 17:23
Aos 12 anos, jovem são-luizense coleciona medalhas no atletismo
Aos 12 anos, jovem são-luizense coleciona medalhas no atletismo
Daniela com o pai, Floriano

A atleta, Daniela Martim Espíndola, com apenas 12 anos, destaca-se cada vez mais na cidade e região. Com o apoio e seguindo os treinamentos do seu pai, o também atleta, Floriano Espíndola, ela começou a disputar aos oito anos e, desde então, já conquistou 10 medalhas. Segundo o pai, “ela chegou a tentar o futsal, mas com o tempo, vimos que ela se daria melhor no atletismo, e foi o que aconteceu”, disse Floriano.
Entre as medalhas conquistadas, estão o 1º lugar na Rústica Decorpore, em 2014; em 2015, correu as etapas classificatórias do Sesc, em Camaquã, ficando em 2º lugar; Ijuí, em 2º; Santa Maria, em 2º lugar; a corrida de revezamento em Ijuí, por dois anos, em 2016 e 2017, ficou em 2º; e em 2017, conquistou o 1º lugar na Rústica Decorpore. Neste ano, a jovem se destacou nos Jergs, ficando em 1º lugar na etapa municipal e agora passou para a terceira fase, que será entre as cidades de Santa Rosa, Santo Ângelo e Ijuí, e outra fase classificatória para a etapa final, em Porto Alegre.
“É com muito esforço e dedicação que consegui chegar onde cheguei, e deixo uma mensagem para todos os jovens, que pratiquem alguma atividade física, e agradeço também, a professora Larissa e o professor Henrique, e a todos da Escola São Luiz, onde estudo”, concluiu a atleta.
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Esportes