14/07/2017 às 14:29
Documentário conta a história do programa de rádio mais antigo de São Luiz Gonzaga
Documentário conta a história do programa de rádio mais antigo de São Luiz Gonzaga
Autor do documentário em visita a casa onde Jayme nasceu

Era 1950, a primeira emissora de rádio da cidade acabara de completar um ano, e no Brasil ocorria a eleição que marcava o retorno de Getúlio Vargas ao posto presidencial. Em meio a esse contexto, surgia o Galpão de Estância, inicialmente apresentado por Jayme Caetano Braun, como uma propaganda política do então candidato a deputado federal, Ruy Ramos, seu tio.
O enredo dessa história foi contado num vídeodocumentário produzido, como trabalho de conclusão de curso, pelo recém-formado em Jornalismo, Kelvin Morais. Segundo o jovem de 24 anos, cabo no 4º RCB e colaborador da Rádio São Luiz desde 2009, a ideia surgiu pelo vínculo que tem com o programa, que atualmente é apresentado por Alcides Figueiredo, e sua paixão pelo rádio.
Kelvin fala que o objetivo do trabalho é resgatar a memória de um programa pioneiro que valoriza os artistas locais. "O programa Galpão de Estância, hoje apresentado pelo Alcides, que foi quem me deu a oportunidade de 'falar no rádio', tem uma grande importância para os artistas locais. São Luiz é a Capital Estadual da Música Missioneira e a Rádio São Luiz tem uma histórica contribuição no processo de difundir este gênero musical. O Galpão é o primeiro deles", disse.
No documentário de 40 minutos, que será exibido ao público no próximo dia 26 de julho, às 18h30min, no auditório da 32ª CRE, radialistas, músicos, ouvintes e a própria ligação entre o programa e o CTG de nome homônimo criado em 1954 tem seus acontecimentos narrados na produção audiovisual, que foi aprovada bela Banca Avaliadora da Unijuí, no dia 3 de julho.
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral