06/10/2017 às 11:11
Cermissões trabalha na reconstrução de suas redes elétricas após o vendaval

O temporal registrado no último domingo, atingiu praticamente toda Área de Permissão da Cermissões. Mais de 100 homens trabalham visando a reconstrução das redes atingidas pelos fortes ventos, deixando postes quebrados, transformadores queimados ou danificados, cabos rompidos, isoladores quebrados, fios de entrada rompidos, árvores e galhos em cima das redes. A Administração da Cermissões autorizou a Área Técnica a realizar a construção de redes provisórias para atender os associados/consumidores o quanto antes possível.
Foram 106 postes de concreto totalmente danificados, e o serviço se torna lento, pois a maioria das redes que ainda estão sem energia, tem árvores caídas sob as redes, fato que torna mais demorado o serviço de manutenção.
A prioridade da Central de Operação e Distribuição da Cermissões foi com as redes troncais, porque sem elas, não é possível distribuir energia para os ramais. Logo após o temporal, mais de sete mil famílias ficaram sem energia. Até ao meio-dia desta quarta-feira, 4, menos de 50 consumidores continuavam sem energia elétrica.
Mesmo com os quatro Alimentadores de Distribuição da Subestação São Miguel Arcanjo tendo sido destruído pelo temporal, a Central de Operação e Distribuição (COD) da Cooperativa, buscou caminhos alternativos e trabalha com a possibilidade de restabelecer a energia para todos os associados no decorrer da semana. Solicita-se a colaboração dos associados, que informem a Central 0800-541-1122 qualquer anormalidade nas redes, pois poderá ser esse o motivo da falta de energia elétrica, agilizando com isso o seu retorno.
A Administração solicita a compreensão dos associados, pois o interesse da Cermissões é que todos tenham a energia restabelecida com segurança em suas propriedades o mais breve possível. Destaca-se extraoficialmente, que o prejuízo financeiro deverá ser superior a R$ 1 milhão, sendo que todas as obras necessárias para a normalidade da distribuição deverão ser concluídas em 60 dias.
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral