06/10/2017 às 11:13
Bossoroca vai realizar de 27 a 29 deste mês o 5º Encontro Sul-Americano de Folclore
Bossoroca vai realizar de 27 a 29 deste mês o 5º Encontro Sul-Americano de Folclore
Na visita ao jornal, a prof. Maria Júlia Homn, Jairo Velloso e o prefeito José Moacir Fabrício Dutra

Bossoroca sediará de 27 a 29 deste mês, o 5º Encontro Sul-Americano de Folclore. Esse evento artístico-musical é internacional, com a presença de delegações da Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Para transmitir essa informação, recebemos quinta-feira, a visita do prefeito de Bossoroca, José Moacir Fabrício Dutra; Jairo Velloso, coordenador do evento; e Maria Júlia Homn, atual presidente da Associação Cultural de Bossoroca. Esta vai ser a quinta edição desse encontro internacional. Quem recepciona os participantes é a cidade de Bossoroca, que se orgulha muito de realizar um evento dessa grandeza, demonstrativo da energia e vontade de suas lideranças voltadas à cultura.
O evento é de confraternização. Não existe competição. Os participantes ocupam o palco para fazer suas apresentações e conquistar o público mostrando aspectos do folclore de regiões de seus países. Essas informações culturais de países latino-americanos se agregam como conhecimento consolidado para todos os bossoroquenses e visitantes que vão assistir esse encontro sul-americano de folclore. Essas informações, com certeza, ajudam o cidadão a avaliar o mundo que nos cerca e compreender os valores dominantes no continente do qual somos parte.
A prof. Maria Julia Homn informou que no dia 27, será feita a recepção às delegações participantes. São esperadas 300 pessoas, que serão alojadas nas escolas e casas de famílias. Para isso, a comissão organizadora conseguiu colchões emprestados com várias entidades, inclusive o 4º RCB. À noite, o Sindicato Rural oferecerá um jantar aos visitantes. No sábado, 28 de outubro, às 10h30min, ocorrerá a abertura oficial do evento, no CTG Sinuelo das Missões. Ao meio-dia, será servido o almoço, e às 13h30min, iniciam as apresentações. À noite, será cobrado ingresso simbólico para cobrir a despesa do jantar. Mas a programação não encerra aí, terá seguimento com mais apresentações. No domingo, prosseguem as manifestações artísticas das delegações. Do Brasil, além da presença de grupos de danças de diversos centros culturais, se integra também o Grupo de Danças Chilenas de Prata, do CTG Sinuelo das Missões. Afora o jantar de sábado, o acesso aos espetáculos será gratuito.
Jairo Velloso, coordenador do evento, disse que Bossoroca realiza o Encontro Sul-Americano de Folclore, porque tem o apoio do Poder Público (Executivo e Legislativo), das entidades e associações que congregam os moradores. Destacou, também, que a participação estrangeira nada cobra para se fazer presente no Encontro Sul-Americano do Folclore. Bossoroca, por sua vez, tem como despesas, a hospedagem e a alimentação. Para isso, conta com muitos colaboradores, que garantem a hospedagem em casas residenciais, espaços públicos e de entidades.
Com o slogan “Porque não há divisas na geografia da arte”, o 5º Encontro Sul-Americano de Folclore”, a se realizar de 27 a 29 de outubro, no CTG Sinuelo das Missões, em Bossoroca, será, com certeza, mais um grande sucesso, a elevar essa cidade como o olhar missioneiro para o continente sul-americano, do qual somos parte, procurando identificações culturais, amizade e fraternidade.
 

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais notícias em Geral